SUCESSO NA PESCARIA

Translate this Page

Rating: 3.0/5 (15398 votos)



ONLINE
2





Partilhe este Site...

 

 

 



Total de visitas: 745485
PESCA DE TILAPIA NO INVERNO
PESCA DE TILAPIA NO INVERNO

Dica escrita no Fórum Momento da Pesca por Marcelo » Qua Jul 01, 2009 10:31 am  

No inverno elas comem menos mesmo, principalmente se a água estiver fria.

Em pesqueiros ainda dá pra tentar pegar alguma, mas sempre no fundo e com uma isca que seja MUITO atraente.  

Na natureza esquece nesta época. Não vai pegar mesmo.

Em pesqueiro tenta seguir esta dica:

Apesar de menos ativas no inverno, é possível se pescar muitas Tilápias em pesque e pagues durante este período, fazendo-se algumas pequenas alterações na tralha e na isca.

Por sua menor atividade nesta época do ano, elas se encontram em locais mais profundos, mas sempre nas beiradas dos lagos, portanto a pescaria com bóia fica pouco produtiva. É importante lembrar que, como elas se encontram mais na beirada, bater o pé no chão ou barulho em excesso acaba com a pescaria.

Pescá-las de fundo, sem bóia pode ser outro inconveniente, pois elas atuam muito timidamente no inverno e, por vezes, não conseguimos nem sentir suas puxadas, tamanha sutileza com que comem as iscas.

O que fazer então?

Vamos juntar as duas formas de pesca em uma. Ao invés de bóia, use uma pena (aquelas bóias finas e compridas). Este equipamento não flutua com o peso da isca, por isso deve ser colocado em um ponto exato da linha, tal que a isca chegue exatamente no fundo sem que a pena afunde ou sobre linha. Para se descobrir a altura correta, amarre um chumbo pesado na ponta da linha, e vá deslocando a altura da pena aos poucos, até que ela pare de afundar e fique na posição deitada.

Substitua então o chumbo por um anzol de tamanho adequado e mãos à obra.

Quanto à isca, use a velha massa, porém com a receita especial abaixo.

Junte 500 gramas de ração para peixe moída, 300 gramas de farinha de mandioca crua, 100 gramas de açúcar cristal, 100 gramas de polvilho doce e 50 gramas de achocolatado em pó. Misture tudo muito bem até formar um pó de coloração homogênea. Adicione água do próprio lago aos pouco e vá amassando até obter consistência. Esta massa fica muito macia e lisa quando moldada no anzol, portanto cuidado para não deixá-la muito mole, facilitando a roubada da isca.

Coloque no anzol uma bola de massa mais ou menos do tamanho de um bago de uva e deixe-a afundar lentamente. Mantenha a vara em um apoio, pois o menor movimento pode estragar tudo neste momento.

Não tente fisgar aos primeiros toques, pois a pena é muito sensível e se mexe até quando o peixe esbarra na isca. Além disto, pequenos puxões e beliscadas representam pequenas tilápias, o que não é o objetivo.

Espere o momento em que a pena será literalmente carregada para os lados de forma contínua e lenta, para em seguida ficar em pé e afundar. Este movimento denuncia a presença de tilápias de bom tamanho. Aí é só dar aquela fisgada firme e vigorosa e brigar com a bocuda.

Outro fator importante é que a pescaria se torna mais produtiva no período da tarde, até as 16:00 horas mais ou menos, principalmente quando temos um dia de sol, pois, apesar do frio, a água sempre esquenta um pouco, aumentando a atividade dos peixes.

Como estamos no inverno, é normal que os cat fishies apareçam na nossa festa, o que torna a pescaria muito interessante. Eles são muito brigões e dão um bom trabalho, principalmente na vara lisa.

Parece fácil e realmente é. Porém existe um detalhe importantíssimo para que você tenha sucesso absoluto. O grande vilão desta pescaria é o vento. Sua ausência total causa bons resultados quase que certos. No caso de ventos fortes é bom nem tentar, pois o movimento que causará na pena é fatal para o fracasso.

Mãos à obra e boa sorte.

topo